1ª Mostra Nacional de Cultura e Produção Camponesa

A 1º Mostra Nacional de Cultura e Produção Camponesa, está sendo realizada no estacionamento do Ginásio Nilson Nelson. O ato de abertura realizada na noite desta segunda-feira contou com presença de autoridades e representantes da organização da mostra. O ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria Geral da Presidência, esteve presente.

Todo o espaço ficará aberto à visitação do público das 9h às 23h, com o objetivo de divulgar a importância do beneficiamento dos alimentos sob o controle dos próprios trabalhadores. “A Mostra reúne a produção de trabalhadores e trabalhadoras rurais ligados a diversas cooperativas espalhadas pelo Brasil, sendo uma ferramenta de divulgação da produção agrícola familiar e cultural”.

O objetivo da mostra é apresentar a diversidade e a força da produção camponesa, em especial dos assentamentos da reforma agrária. O espaço comercializará produtos da agricultura camponesa provenientes de cooperativas, associações e coletivos de produção. Estarão em funcionamento 12 pequenas agroindústrias de produção de caldo de cana, farinha de mandioca, erva mate, produção de cachaça artesanal, entre outras.

A mostra também possibilita conhecer a pluralidade cultural e social vigente no Brasil por meio de seus traços culturais que serão manifestados na confraternização com músicas regionais, som da viola caipira, do samba, do forró, do vanerão, do chamamé, do carimbó, além de teatro, poesia e exibição de cinema.

Serão mais de 2 mil metros de tendas, instalados em todo o estacionamento do Ginásio com produtos e alimentos típicos de cada região brasileira. Os camponeses realizarão troca de mudas e sementes de diversas espécies.

A Mostra que é organizada pelas Cooperativas de todo o Brasil, ocorrerá durante os dias 10 a 13 de fevereiro simultaneamente ao VI Congresso Nacional do MST em Brasília.

PROGRAMAÇÃO DA MOSTRA CAMPONESA DE 10 A 13 DE FEVEREIRO
- Ato de abertura da Mostra Nacional de Cultura e Produção Camponesa: 10/2, às 19h
- Funcionamento: aberta à visitação do público todos os dias das 9h às 23h
- Apresentações culturais: Entre 20h e 23h, nas tendas regionais.

Deixe o seu comentário

*